Sangue Quente - Isaac Marion

on segunda-feira, 20 de junho de 2011
Sangue Quente
Isaac Marion
Editora
Leya
256
Páginas
ISBN: 8580440335

Onde Comprar: Livraria Cultura

Você está pronto para se aventurar no mundo dos zumbis?

R é um jovem que virou zumbi, ele não sabe como isso aconteceu, como morreu ou nada de algo que viveu em sua vida de humano. Agora ele se encontra em um aeroporto abandonado junto com outros zumbis em decomposição e que estão sedentos por humanos e cérebros. Mas R, no meio disso tudo vive uma crise existencial, ele não é como os outros de sua espécie e quer saber por que ficou daquele jeito, porque está ali e porque retornou à vida. Após uma invasão a um Estádio Cidade, e comer o cérebro de um jovem, R agora está vivenciando as lembranças do jovem e sem querer acaba se apaixonando pela namorada dele. Mas como fazer para ter um relacionamento com ela se ele não consegue falar mais de três sílabas, ou fizer coisas que só um vivo poderia fazer? Mas algumas de suas escolhas vão acabar transformando não só ele, mas todos os que estiverem ao seu lado... E quem sabe um dia o mundo?

Vou confessar que nunca fui de gostar de zumbis, e por isso sou o maior leigo do universo. Já que não vi nenhum filme que a maior parte dos personagens são morto-vivos. Então ao pegar o livro eu logo pensei que seria um monte de morto-vivo querendo comer os humanos, os humanos se escondendo e assim que chegasse perto de um atiraria até esse morrer. Mas não é que eu me surpreendi!? O livro é maravilhoso e é impossível não ficar viciado na leitura logo nos primeiros capítulos.

Um fato é que o autor Isaac Marion, tem uma escrita tão fluida e tão forte que torna os personagens como se eles fossem pessoas reais. A estória consegue ser cativante e totalmente inspiradora. Sim, inspiradora pelas coisas que R faz e que faz dele um personagem tão empolgante.

Falando em personagens, alguns são tão espirituosos e outros tão sem sal que quase entram em conflito. Mas em um modo geral conseguem estar no lugar certo no livro, vivendo as coisas que deveriam viver e tendo o seu devido papel. R e Julie são meus personagens favoritos do livro, não só porque os dois são os protagonistas, mas é porque cada um tem uma personalidade diferente e ao mesmo tempo complexa e que se complementa.

Adorei como o autor colocou as situações no livro, de modo que os personagens tenham que superar os obstáculos impostos pela sociedade em que vivem, pelo desejo interno de cada um e pelo modo de como levam a vida ou a morte.

Mesmo achando que o final foi um pouco corrido, continuo achando que esse foi um dos livros mais legais que li esse ano. É espirituoso, doce, confuso, forte e mais um monte de adjetivos. Se você é como eu e que nunca leu nada sobre zumbis, leia esse livro. Se ama o tema, leia esse livro. Apesar de ter amado o livro, não acho que possa virar uma febre literária (vampiros/anjos), o que é muito bom. Pois é um assunto que se trabalho com muita intensidade pode ficar chato.

E o mais legal é a Summitt comprou os direitos do livro, e em 2012 será lançada uma adaptação da obra de Isaac Marion. E quem fará os personagens principais são Teresa Palmer (Julie) e Nicholas Hoult (R). Eu já estou empolgado e vocês? Vou deixar logo abaixo o booktrailer:



PS.: Não sei o que houve no sistema de comentários do blog, mas espero que fique normal até a próxima postagem!

9 comentários:

Guss disse...

Mesmo com a resenha ainda nao deu pra sacar como é estruturada a história, se é mais linear ou mais introspectiva. R parece ser um personagem bem complexo, com todas essas crises exisrencias que um zumbi pode ter. Todas as resenhas que li sobre Sangue Quente até hoje foram muito superficiais e acho que teria que ler para tomar minhas próprias conclusões.

Alessandra disse...

Oi Will! Hum, não sei não, só esse negócio do garoto/zumbi comer cérebros já me desanima de ler o livro, nojento...rsrsrs... Mas vou dar uma chance para o livro sim e colocá-lo na minha listinha! Afinal de contas quem se apaixona por Academia de Vampiros e acha natural vampiros mordendo humanos pode muito bem se acostumar com alguém que come cérebros...kkkk... Ai, é só falar em Academia de Vampiros que lembro do Dimitri (suspiros e mais suspiros...rsrs).Bjs

leitoracompulsiva disse...

Oi Will,
Comprei esse livro depois que li a resenha da Hérida, do Lendo nas Entrelinhas, mas ainda não consegui ler! Nesse feriado quero tirar bem o atraso, até porque preciso deixar algumas resenhas prontas para as minhas férias! rs...
Agora fiquei ainda mais empolgada!
Beijos
Camila - Leitora Compulsiva

Kamila Raupp disse...

Oi Will!
Nossa curti muito sua resenha. Também não li nada sobre zumbis e fiquei bem curiosa para saber como o autor abordou o tema. Pois em filmes é que nem tu falou, zumbis querendo comer humanos, fuga sem fim e no final matança. ajjsdlka
Mas a sua resenha me deixou curiosa para lê-lo, espero poder em breve.

Beijos, Kamila.

http://vicio-de-leitura.blogspot.com

Giu Fernandes disse...

Oi Will!
Essa é a primeira resenha que eu leio desse livro, e gostei bastante da sua opinião! :)
Eu tb nunca fui muito com a temática de zumbi, mas a capa desse livro é tão bonita e vc falou de um jeito tão bom dele! =)
Beijos!

Karine Marinho disse...

Nunca li um livro sobre zumbis. Nunca fui muito chegada a ele, e acho que não dei a oportunidade porque vi aquele livro Orgulho e Preconceitos e zumbis, ou alguma coisa assim, detesto quando mechem com livros que eu amo, e como os zumbis estavam no meio... sobrou pra eles.
Mas quem sabe eu não pego um dia esse livro para ler, levando em consideração a sua resenha :D
Beijos,K.
Girl Spoiled

Karlinha disse...

Nossa, eu não vou muito com esse gosto para Zumbis, mas esse livro tem uma capa ótima mesmo Will. Fiquei com vontade de ver, pelo menos dá uma folheada. Saudades de vc!

Nica Morgan disse...

Outra dúvida que pode vir a surgir é como ficar ao lado da menina sem querer devorá-la (porque se ele comeu o namorado da menina... né!?)
Achei estranho o tema! Romance e zumbis!? Mas vamos ver né! Se você gostou!

L.F.Matos disse...

Zumbis... Ainda não li nenhum livro com esse tema, mas desse ser muito bom! Assisti The Walking Dead, uma série de televisão, e adorei tudo. Nunca imaginei que o livro falaria sobre isso analisando a capa, que é muito criativa, por sinal. E ainda tem romance? Como assim? HEHE Achei meio inusitado.
- Luiz Felipe Matos

Postar um comentário

Quer fazer um blogueiro feliz? Comenta aí! :D