Love You, Hate You, Miss You - Elizabeh Scott

on sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Love You, Hate You, Miss You
Elizabeth Scott
HarperTeen / Underwolrd
288 páginas
ISBN: 978-0061122835

Mais um livro de uma autora que eu já me tornei fã, Elizabeth Scott realmente sabe escrever história.

Foi há setenta e cinco dias. Amy está enjoada dos seus pais, que de repente se interessaram por ela. E ela está realmente enjoada das pessoas perguntando sobre Julia. Eles não entenderiam de qualquer maneira. Não entenderiam como é ter sua melhor amiga tirada de você.
Eles não iriam entender o que se sente ao saber que isso é sua culpa. A psiquiatra de Amy acha que ajudaria ela iniciar um diário. Em vez disso, Amy começa a escrever cartas a Julia. Mas, depois de escrever cartas após cartas, ela começa a perceber que o passado não foi tão perfeito como ela pensou fosse, e o presente também merece uma chance.

O que se passa pela cabeça de uma menina que acabou de perder a melhor amiga? E o pior é se a menina viu tudo acontecer e não pôde fazer nada!


É assim que começa a história de Amy, uma garota que viu sua melhor amiga morrer, e agora é deprimida e presa em uma reabilitação. No decorrer do livro vamos ficando mais intrigados por saber mais sobre a morte de Jennifer e como foi que ela morreu, se alguém a matou o foi algum plano do destino.


O legal é que a cada final de capítulo, Amy escreve uma carta para Jennifer, relatando as coisas que aconteceram em seu dia, e xingando a amiga por ter partido tão precoce e deixando-a sozinha no mundo sem amigos.


Lá para o meio do livro, Amy volta à re-fazer algumas amizades de infância que ela havia deixado desde a chegada de Jennifer, pessoas que lhe fizera companhia por etapas importantes de sua vida. E dentre essas pessoas, ela conhece Patrick, um garoto quieto, mas muito arrogante que Amy passa a sentir muita raiva, ela descobre o porquê ele não se relaciona com outras pessoas e começa a descobrir sentimentos nunca antes sentidos por ninguém até o presente momento.


Só posso dizer que vale muito a pena ler esse livro. No começo até parece que Amy é homossexual (nada contra), pelo jeito de como ela fala de Jennifer, como se ela fosse uma obsessão, mas no passar das páginas vamos compreendendo que ela via sua melhor amiga como uma irmã, que partiu e a deixou sem mais nem menos. É um dos melhores livros que li esse ano. E vai ser lançado no Brasil até o final do ano pela nossa primeira parceira Editora Underworld

2 comentários:

Juliana Vicente disse...

Esse livro já me conquistou pela capa.É linda!

Gostei da sua resenha. Me fez ter mais vontade ainda para ler este livro e conhecer melhor essa história.

Só me resta aguardar o lançamento aqui no Brasil.

Beijos

leitoracompulsiva disse...

A capa é linda, mas não sei se me animei muito! Preciso ler o primeiro capítulo para saber! rs...
beijos

Postar um comentário

Quer fazer um blogueiro feliz? Comenta aí! :D